O Toco

06:51

Surian Soosay - Inner Rage

A melhor coisa que me aconteceu nessa vida foi levar um toco em particular. O primeiro, inclusive.

Não foi uma rejeição qualquer, pois aconteceu na época crítica da formação da minha personalidade, quando adolescente.

Quem me conhece desde pequeno sabe como eu era quieto/introvertido/calado quando adolescente.

E sabe da mudança radical que tive na minha personalidade em um curto perído de tempo.

Tudo graças a uma garota em particular.

Em meados da década passada eu estava sentindo os sintomas de uma "paixonite aguda".

Acho que todos já passaram por isso alguma vez e sabem como pode ser difícil se concentrar em qualquer outra coisa que não seja a pessoa específica.

Pois bem, como a cartilha manda, no auge da minha insanidade me declarei para ela, e como era de se esperar recebi o famoso "Mas eu te considero apenas como AMIGO".

- Ora, mas é essa a história?

- Não, o ponto de virada é o que vem depois ;)

Chegando em casa, a primeira coisa que faço é entrar no Orkut (eu sei...) e stalkear a fulana.

Para a minha surpresa, recebo um depoimento do tipo "não aceita". Adoraria ter Orkut para lê-lo novamente, mas excluí há tempos.

Surian Soosay - Reflex-a-sketch

Tentarei reconstituir o depoimento com os fragmentos que ficaram fixos na minha memória, e um pouco de liberdade poética:

"Caro Alexandre, 


Vou tentar te explicar por que quero ser apenas sua amiga. 


Você é muito introvertido, não sei como eu conseguiria te apresentar para meus amigos ou família; 


Você tem que se soltar mais, conversar com todo mundo, perguntar mais e falar menos, o mundo não gira ao seu redor; 


Conversar com você pode ser difícil, pois o papo é muito sério, com uma carga dramática por vezes desnecessária; 


Às vezes só queremos um papo descontraído, leve, falar besteiras sem sentido; 


Você é muito bonzinho, muito solícito, respeita demais, muito cavalheiro. Você tem que entender que mulheres são pessoas tão normais quanto os homens; 


Apesar disso tudo,  a razão de eu falar com você e tentar essa amizade é por que você não é babaca como os outros meninos da nossa idade. 


Além de saber rir de si mesmo e estar sempre curioso a aprender novas coisas. 


Por essas razões só quero ser sua amiga, 


Sinceramente,
V******. 


P.S: você sabe que eu vejo todos que espiam o meu perfil do Orkut todos os dias, né?


É claro que o depoimento deve estar bem diferente da versão original, mas a essência da mensagem era essa.

Surian Soosay - Richard Dawkins and Spock

O que tem de tão importante nessa mensagem? Ela me deu o feedback que eu precisava para crescer como pessoa.

Fiquei sabendo os pontos que eu tinha que melhorar e comecei a agir em cima disso: mudei de escola, amizades, comecei a praticar esportes, novos hobbies, me reinventei.

Às vezes os nossos melhores amigos são os nossos piores inimigos quando o assunto é mudança pessoal.

A zona de conforto tem esse nome justamente por ser confortável. Quando uma pessoa próxima a nós começa a tentar alguma mudança, a tendência natural é falar "Você está exagerando, relaxa um pouco, semana que vem você começa, só dessa vez, etc..."

Espero que quando você for rejeitado(a) ou rejeitar alguém, que tenha esse mesmo tipo de atitude.

Não precisa ser uma carta, mas evite o clichê "Eu tenho namorado(a)" / "Você não faz o meu tipo" / "Quero ser apenas amigo(a)".

A verdade nua e crua pode ser a melhor coisa que a pessoa possa escutar. Ela só tem que aceitar e agir (ou não) com base nisso.

Mas até hoje desconfio que é porque eu tinha dentes tortos.

0 comentários

Artigos Populares