Em defesa da Administração! (ou "Porquê amo a Administração")

15:34


E ele disse: 



"Enquanto existirem duas ou mais pessoas reunidas trabalhando em um objetivo comum, eu estarei presente". - Administração."

Pegando o embalo gerado pelo Enem para os futuros universitários, venho com este texto combater o preconceito para com a minha amada ciência. Sempre escuto críticas sobre a minha escolha de graduação, a Administração. E mais, geralmente usam de argumentos baseados em senso comum para difamá-la.

Pois bem, segue meu artigo de defesa contra os argumentos dos leigos, explicando a utilidade prática e como a boa gestão pode mudar o mundo.




"O problema do mundo não é a falta de recursos, é a mal administração dos mesmos".



[O curso de] Administração é para quem não sabe o que quer da vida

Pouquíssimas pessoas sabem o que querem da vida quando estão na faixa 18-20 anos, idade comum aos novos universitários. E sim, a administração acaba sendo uma ótima opção, pois para TODOS as áreas do trabalho humano é necessário um profissional capacitado nesta ciência. Mas qual a razão dessa afirmação?

O objeto-foco da administração são as Organizações. Assim como o médico cuida da saúde de seus pacientes humanos, o administrador trata as Organizações, do diagnóstico ao tratamento para a resolução de anomalias (gargalos) nos processos vitais, orientados a alcançar o objetivo-fim da Organização com o máximo de eficiência possível.


"...o gerenciamento eficiente de processos aperfeiçoa a capacidade de uma organização de antecipar, gerenciar e responder a alterações do mercado e maximizar as oportunidades de negócios. Um gerenciamento de processos adequado também pode reduzir ineficiências e erros causados por uma redundância das informações e ações empresariais." - Eliana Sfalsin

Fulano não fez [o curso de] Administração e é empresário "de sucesso"

Outra frase que escuto muito. Muitas vezes o "fulano" trabalha o dia inteiro micro gerenciando o negócio, pois "só ele pode resolver os problemas".

Todas as ciências podem ser aprendidas de forma autodidata. A Administração por sua vez "facilita" o aprendizado para quem possui um laboratório para aplicar os estudos (ou experimentos) dos empresário. Mas o quanto de erro ele poderia ter evitado se soubesse a técnica correta para contornar uma situação problemática?

Na universidade temos acesso a estudos de caso para exercitarmos nossa habilidade de tomada de decisão, sem corrermos o perigo de causar danos ao nosso investimento ou de terceiros. Aprendemos a delegar funções a pessoas mais competentes, a recompensar quem merece, a lidar com clientes internos e externos, a ter uma visão geral sobre a problemática e agir prontamente. Tudo isso graças ao estudo das mais diversas ciências (Matemática, Contabilidade, Psicologia, Sociologia, etc.) aplicadas de forma prática ao objetivo organizacional.


Por que amo a Administração 

Porquê gosto de me sentir no controle das situações, planejando ações e prevendo resultados baseados nos sucessos e fracassos passados;

Porquê posso combater o meu narcismo delegando atividades que sei que não tenho a competência necessária para fazer, e melhor, posso me sentir bem ao orientar as pessoas a como retirar o melhor do seu próprio potencial;

Porquê gosto de fazer a diferença, ver a mudança acontecer e seguir as atividades correntes (follow up). Observar que nós (da Organização) somos agentes de resultados;

Porquê está presente em todas as áreas de trabalho, e as experiências de vida de cada administrador influencia em sua tomada de decisões. Quer vocação mais desafiadora que essa?

"O MUNDO precisa de Administradores competentes".

Espero com este texto ajudar quem estiver indeciso em sua escolha de graduação. Para os graduandos, recomendo o seguinte: 

Estude TGA (Teoria Geral da Administração) com afinco, principalmente para entender o processo evolutivo da ciência administrativa;

Entenda que a sua personalidade influencia e muito na tomada de decisões, portanto escolha uma especialização que combine com você;

Dê o máximo de si na resolução de estudos de caso, coloque-se no lugar do gestor e pese o impacto das decisões na vida de todos os envolvidos. Você trabalhará em Organizações, mas se o resultado não for benéfico para as pessoas, fique alerta, algo deve estar errado.

Alexandre Vieira



0 comentários

Artigos Populares